A DEVOÇÃO REPARADORA DOS PRIMEIROS SÁBADOS: A BUSCA À PERFEIÇÃO DOS DONS

Imagem de Nossa Senhora da Conceição da Praia

A reparação do mês de agosto, em Salvador, aconteceu na Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia, Padroeira do Estado da Bahia.

A primeira Capela de Salvador foi construída por ordem do primeiro governador geral do Brasil, Thomé de Souza, em homenagem à Virgem Maria. Sua atual construção, em estilo barroco, foi feita toda em pedra-sabão trazida de Portugal.  Esta se encontra dentro da Basílica e está conservada nos dias atuais.

Iniciamos a nossa devoção do Primeiro Sábado com a recitação do Terço e, em seguida, meditamos o 3º Mistério Glorioso: A descida do Espírito Santo sobre Nossa Senhora e os Apóstolos reunidos no Cenáculo, em Jerusalém. “Chegando o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. Apareceu-lhes então uma espécie de línguas de fogo que se repartiram e pousaram sobre cada um deles. Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar em línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem” (At 2, 1-4).

Meditação do Terço

Descida do Espírito Santo sobre Nossa Senhora e os Apóstolos

Através deste Mistério, peçamos a Nossa Senhora que interceda por nós, junto ao seu Filho, para que possamos obter a plenitude dos dons que tanto transformaram os discípulos de Jesus e, assim, realizemos com perfeição nossa missão no apostolado, contagiando muitos outros.

 

A Santa Missa foi celebrada pelo Padre Ireneu de Jesus Menezes e concelebrada pelo Padre Carlos Tonelli, EP, com a participação do Coral dos Cooperadores dos Arautos do Evangelho.

Em sua homilia, o Padre Carlos Tonelli, EP explanou sobre o aniversário de 100 anos das aparições em Fátima e os 300 anos do encontro de Nossa Senhora Aparecida. E que sendo graças tão insignes para o povo brasileiro, não podemos ficar de braços cruzados e não evangelizar. Temos que ser como São João Batista, que entregou-se por inteiro para aplainar os caminhos do Senhor.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *