“SOU TODO VOSSO (A) E TUDO QUE POSSUO É VOSSO, Ó VIRGEM GLORIOSA E BENDITA!”

Após participarem de onze encontros preparatórios sob a responsabilidade de uma Comissão de Terciários dos Arautos do Evangelho, entre os meses de março a maio de 2017, ao longo dos quais Nossa Senhora foi derramando abundantes graças, no dia 31 de maio de 2017, cerca de 90 fiéis realizaram a sua Consagração a Jesus pelas Mãos de Maria, segundo o método ensinado por São Luís Maria Grignion de Montfort, em sua magnífica obra “O Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem”.

A Missa Solene foi realizada na Igreja Nossa Senhora da Conceição Aparecida, no bairro do Imbuí (Salvador), tendo como presidente da Celebração, o Revmo. Padre Marcos Studart, da Congregação de São Eudes. Além disso, estiveram presentes o Coral dos Terciários dos Arautos do Evangelho que muito contribuiu, com seus belos cantos, para a atenção e espírito de fé, de todos que participaram da Celebração Eucarística. 

A Igreja estava repleta de fiéis, de modo que algumas pessoas tiveram que se acomodar nas imediações externas próximas às portas de acesso ao Santuário.

Em sua homilia, o pe. Marcos realizou comentários sobre a Visitação de Nossa Senhora à sua prima Santa Isabel. Enfatizando que o principal fruto da meditação sobre tão belo mistério era o espírito de serviço ao próximo, o sacerdote evidenciou de modo tão belo a visita pressurosa de Maria para que este exemplo seja imitado por todos nós, sobretudo aqueles que iriam se consagrar a Ela naquela noite. Ao término, agradeceu aos Arautos do Evangelho pelo zelo e pela dedicação que demonstraram na preparação do grupo de consagrados.

Foi muito emocionante e bonito quando os neo-consagrados se postaram diante da Imagem de Nossa Senhora de Fátima e leram o texto da Consagração elaborado por São Luís M. Grignion de Montfort e pronunciaram as palavras: “Sou todo Vosso (a) e tudo que possuo é Vosso, ó Virgem gloriosa e bendita!”. Em seguida, o Pe. Marcos  oferta aos já consagrados o botton de Nossa Senhora de Fátima e uma correntezinha, símbolo da pertença de cada um a Jesus.

Portanto, peçamos a Nossa Senhora que conduza estes novos filhos consagrados a serem cada vez mais santos, conforme as palavras de São Luís Maria Grignion de Montfort: “Quanto mais uma alma estiver consagrada a Maria, tanto mais estará consagrada a Jesus Cristo”. Assim, “minha querida e amadíssima Mãe, se for possível, faz com que eu não tenha outro espírito a não ser o teu para conhecer Jesus Cristo e os seus desejos divinos; que não tenha outra alma a não ser a tua para louvar e glorificar o Senhor; que não tenha outro coração a não ser o teu para amar Deus com caridade pura e ardente como tu”.

This entry was posted in Consagração. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *