MARIA, PROTETORA DOS DOENTES: VISITA AO HOSPITAL DAS CLÍNICAS

No dia 22 de novembro de 2017, um grupo de Terciários dos Arautos do Evangelho realizou uma visita ao Complexo Hospitalar Professor Edgard Santos, conhecido como Hospital das Clínicas, no bairro do Canela, em Salvador. Portando a imagem peregrina do Imaculado Coração da Virgem de Fátima, o grupo proporcionou momentos de conforto espiritual e psicológico ao corpo médico, aos estudantes de medicina e de outras áreas da saúde, aos funcionários, sobretudo, aos doentes que ali são cuidados com muita competência e carinho.

A visita iniciou com a entrada da Imagem no interior da Capela dedicada a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, sendo colocada ao lado do altar. Em seguida, os integrantes dos Arautos, juntamente com os membros da Pastoral da Saúde que ali se encontravam recitaram o terço, colocando como intenções todos que, naquele local, prestam seus serviços, além de rezarem pelos doentes e seus acompanhantes.

   A seguir, foi celebrada a Santa Missa pelo Padre Jorge Brito, coordenador da Pastoral da Saúde da Arquidiocese de Salvador e pároco da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, localizada no bairro de Pau da Lima, e concelebrada pelos Padres André Seutin e Rafael.

 Em sua homilia, o Pe. Jorge enfatizou a fidelidade da mãe e dos irmãos macabeus à Lei de Deus, e agradeceu o apoio dos Arautos nesta visita ao Complexo Hospitalar.

Depois da Missa, o Sacerdote percorreu as dependências do estabelecimento de saúde, acompanhado dos integrantes da Pastoral da Saúde e dos Terciários dos Arautos, com cânticos religiosos apropriados para a ocasião. A acolhida daquela ação de misericórdia não poderia ter sido melhor para todos, a começar pelos visitantes e acompanhantes que se encontravam nos corredores e em outras áreas do Hospital; pelos médicos e outros profissionais da saúde, além dos estudantes de medicina; pelos funcionários do Hospital, que paravam o que estavam fazendo para ouvirem as palavras do Padre Jorge e contemplarem o semblante maternal de Nossa Senhora e, principalmente, os doentes, que demonstravam muito agrado e verdadeira piedade ao verem Nossa Senhora, acompanhada de tantas pessoas, que entoavam cânticos e distribuíam medalhinhas milagrosas em meio a palavras bondosas e confortadoras.

 

           Realmente, foi tudo muito emocionante e gratificante! Bonito de ver a cena de um pai com seu filho nos braços, dirigindo a Nossa Senhora uma prece sentida e confiante, pela cura do mesmo. Ou de uma criança, que se dirige de forma vivaz como que compreendendo que se tratava de uma Celestial Visitante. Os testemunhos poderiam se multiplicar!           Como são verdadeiras e consoladoras as palavras do Divino Mestre: “Estive doente e me visitaste”!

This entry was posted in Notícias, Peregrinação, Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *