“DEUS QUER, PORTANTO, REVELAR E MANIFESTAR MARIA, A OBRA-PRIMA DE SUAS MÃOS”.

A Fraternidade Franciscana de Betânia recebeu a visita dos Arautos do Evangelho em sua comunidade. A Terciária, Sr.ª Patrícia Sampaio de Oliveira, fez uma tarde de reunião com o tema: “Por que se consagrar a Nossa Senhora?”

A Fraternidade Franciscana de Betânia

A Terciária em reunião com a Comunidade

O desejo ardente do grande missionário francês, São Luís Maria Grignion de Montfort, ao escrever a sua Obra luminosa – O Tratado da Verdadeira Devoção, método utilizado pelos Arautos – é de que mais e mais pessoas aderissem à Devoção preconizada por ele, ou seja, uma total entrega a Jesus Cristo, pelas mãos de Maria. Afinal, como menciona o Santo já no início de sua Obra: “Foi pela Santíssima Virgem Maria que Jesus Cristo veio ao mundo, e é também por Ela que deve reinar no mundo.

A Devoção à Santíssima Virgem

Através de “fatinhos”, foi demonstrado que Nossa Senhora é o amparo, a proteção, a advogada Nossa e que, portanto, com a Consagração, cada consagrado torna-se um escravo de Amor, afinal “quanto mais uma alma estiver consagrada a Maria, tanto mais estará consagrada a Jesus Cristo”, conforme declarou o grande missionário em sua obra.

Cada consagrado torna-se escravo por Amor

Instituto de Vida Consagrada de Direito Diocesano fundada pelo Pe. Pancrazio em 1982, a Fraternidade de Betânia é composta por irmãos clérigos, leigos e por irmãs que emitem votos públicos de castidade, de pobreza e de obediência. O carisma na Fraternidade é explicitado na oração, na Celebração Eucarística, na Adoração Eucarística, no acolhimento e na Santíssima Virgem Maria, de quem de forma perfeitamente harmoniosa é modelo.

“Nossa espiritualidade perpassa o âmbito do amor e da misericórdia de Deus”

“ Nosso carisma é acolher cada um que vem até nós como o próprio Cristo” .”

Um dos momentos marcantes ocorreu antes da reunião, quando um dos participantes questionou se, às vezes, Nossa Senhora nos abandona ou nós abandonamos a Ela. Imediatamente, a concepção foi corrigida pela Terciária: Nossa Senhora nunca se afasta, nunca se esquece de um filho! Pois, como declara o Arauto da Santíssima Virgem, São Bernardo de Claraval, “Nossa Senhora, não abandona nenhum de seus devotos”.

“Nossa Senhora nunca se afasta de um filho”

Ao final, o convívio foi marcado por um lanche oferecido pela comunidade. Durante esse momento, foi feito o sorteio de um dos volumes “O Inéditos sobre os Evangelhos” do Mons. João Scognamiglio Clá Dias, EP.

“O Inéditos sobre os Evangelhos”

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *